Descubra agora 14 incríveis razões para aprender francês

1 – Não basta aprender uma única língua

No mundo de hoje, falar apenas uma língua estrangeira não é suficiente. Um aluno que fale vários idiomas multiplica as suas possibilidades no mercado de trabalho no seu próprio país e no plano internacional. Aprender outra língua significa adquirir uma riqueza suplementar e descortinar novos horizontes, pessoais e profissionais.

 

2- O francês é, juntamente com o inglês, a única língua falada nos 5 continentes

Mais de 200 milhões de pessoas falam francês nos 5 continentes. O francês é um grande idioma de comunicação internacional. É a segunda língua estrangeira a ser ensinada no mundo inteiro, após o inglês, e o nono idioma mais falado no mundo. A Francofonia engloba 68 Estados e governos.

 

3 – Uma vantagem para a sua carreira profissional

Falar francês e inglês representa uma vantagem para encontrar um emprego junto às numerosas multinacionais francesas e francófonas em setores de atividades variadas (distribuição, automóvel, indústria de luxo, aeronáutica, entre outros). A França, quinta potência comercial no mundo, atrai empresários, pesquisadores e os melhores estudantes estrangeiros.

4 – O descobrimento de um universo cultural incomparável

O francês é muitas vezes considerado como a língua da cultura. Todo curso vem acompanhado de uma viagem cultural no mundo da moda, da gastronomia, das artes, da arquitetura e da ciência. Aprender a língua francesa significa também ter acesso, em versão original, aos textos dos grandes escritores franceses, como Victor Hugo e Marcel Proust, e de poetas ilustres como Charles Baudelaire e Jacques Prévert. Significa também poder entender em sua própria língua atores como Alain Delon e Juliette Binoche, além de ter o prazer de compreender e cantar as músicas de Edith Piaf e Charles Aznavour, por exemplo.

5 – Uma vantagem para estudar na França

Falar francês permite fazer estudos na França, em universidades de grande reputação, como a Sorbonne, a Universidade Pierre e Marie Curie, entre outras, ou em grandes escolas como a HEC (Escola de Altos Estudos Comerciais), a Polytechnique (Escola Politécnica) e a ESSEC (Escola Superior de Ciências Econômicas e Comerciais), muitas vezes em condições financeiras extremamente vantajosas. Os alunos que conhecem a língua francesa também podem, mediante determinadas condições, receber bolsas de estudos do Governo francês, para fazerem cursos de pós-graduação na França em quaisquer disciplinas, obtendo um diploma reconhecido internacionalmente.

 

6 – Visitar Paris e a França

A França é o país mais visitado no mundo inteiro, com mais de 70 milhões de visitantes por ano. Para quem possui noções de francês é tão mais agradável visitar Paris e todas as regiões da França (desde a belíssima Côte d’Azur até os cumes nevados dos Alpes, passando pelo litoral selvagem da Bretanha), mas também compreender a cultura, o espírito da população e a arte de viver «à La française». O francês também é útil quando se viaja à África, à Suíça, ao Canadá, a Mônaco, às Ilhas Seychelles, entre outros.

7 – O idioma das relações internacionais

O francês é ao mesmo tempo língua de trabalho e língua oficial na ONU, na UNESCO, na OTAN, na União Europeia, no Comitê Internacional Olímpico e na Cruz Vermelha Internacional. O francês é a língua de várias instâncias jurídicas internacionais. O domínio da língua francesa é indispensável para qualquer pessoa que tencione fazer carreira em organizações internacionais.

8 – Uma abertura para o mundo

Após o inglês e o alemão, o francês é a terceira língua na internet, vindo antes do espanhol. Compreender a língua francesa permite ter outra visão do mundo, através da comunicação com os falantes de língua francesa em todos os continentes e do acesso à informação através de grandes meios de comunicação internacional em língua francesa, como os canais TV5 e France 24, e emissoras de rádio como Radio France Internationale.

 

9 – Uma língua para pensar e debater

Aprender a língua francesa é, em primeiro lugar, ter o prazer de aprender uma bela língua, rica e melodiosa, que é muitas vezes chamada a língua do amor. Mas o francês é também uma língua analítica, que estrutura o pensamento e desenvolve o espírito crítico. É a língua dos grandes filósofos (Descartes, Sartre, Derrida) e de cientistas de renome como Pierre e Marie Curie, Pasteur e Georges Charpak. Quem aprende o idioma francês aprende também a argumentar e a apresentar diferentes pontos de vista, o que é extremamente útil em discussões e negociações.

10 – A língua das Luzes

O francês é a língua dos ideais universalistas difundidos pelos filósofos do «Século das Luzes», que contribuíram para a propagação dos Direitos Humanos no mundo inteiro.

 

11 – O francês é uma língua agradável de aprender

Contrariamente ao que se pensa o francês não é uma língua difícil. É uma língua que exige certa precisão, mas a sua riqueza permite expressar uma infinidade de matizes e uma pessoa consegue se comunicar em francês muito rapidamente, após algumas lições. O francês também é apreciado pelos alunos porque é uma língua suave, melodiosa e romântica.

12 – Uma língua para aprender outras línguas

O aprendizado da língua francesa facilita a aprendizagem de outros idiomas, notadamente as línguas latinas (o espanhol, o italiano, e o romeno), mas também o inglês, dado que o francês originou mais da metade do vocabulário atual da língua inglesa.

13 – Um ensino de qualidade

Os professores de francês são conhecidos pelo seu dinamismo, criatividade e alto nível de exigência. Como o francês tem a reputação da excelência, os alunos são muitas vezes motivados e de bom nível. A França participa, por outro lado, ativamente da formação contínua de professores de francês no estrangeiro, a fim de que o ensino dispensado seja sempre de qualidade.

14 – Promover a diversidade linguística

Falar francês contribui de maneira importante para a proteção da diversidade linguística no mundo, evitando a generalização exclusiva de uma só língua em um mundo globalizado.

Entre em contato

1 + 7 =